Heineken compra cervejaria Kirin, dona da Schin, da Eisenbahn e da Devassa Divulgação/

Foto: Divulgação

O grupo japonês de bebidas Kirin Holdings anunciou nesta segunda-feira um acordo para vender sua filial brasileira à cervejaria holandesa Heineken por 660 milhões de euros (cerca de 2,2 bilhões de reais).

"Levando em conta os riscos associados à economia brasileira e a situação da concorrência em um mercado estancado, a Kirin chegou à conclusão de que seria difícil transformar o Brasil Kirin em uma atividade rentável", explicou a companhia em um comunicado.

Leia mais
Comércio fecha 108,7 mil lojas e corta 182 mil vagas em 2016
Fábrica da Coca-Cola de Porto Alegre pode ser ampliada

A Kirin chegou ao Brasil em 2011 mediante a compra da segunda cervejeira local, Schincariol, por 2,65 bilhões de dólares.

Mas os problemas econômicos endureceram a concorrência no Brasil, terceiro mercado mundial da cerveja, atrás de China e Estados Unidos.

Leia outras notícias de Economia

 DC Recomenda
 
 Comente essa história