Vigilância Sanitária e Procon vistoriam mercados em busca de carnes suspeitas em Florianópolis Diorgenes Pandini/Agencia RBS

Trabalho tem foco em produtos listados em portaria da Anvisa depois da operação Carne Fraca

Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Fiscais da Vigilância Sanitária de Florianópolis e do Procon realizam nesta quarta-feira uma operação para a retirada das gôndolas dos supermercados de 4 lotes de carne. A determinação veio por meio de uma portaria da Anvisa e atinge produtos de duas unidades da Peccin Agro Industrial, uma em Curitiba e outra em Jaraguá do Sul, uma unidade da Souza Ramos (fábrica de Colombo-PR) e  uma unidade da Transmeat (frigorífico de Balsa Nova-PR). O secretário de Defesa do Consumidor, Thiago Silva, também participa da ação de fiscalização.

O primeiro supermercado visitado foi o Angeloni da Avenida Beira-mar. Lá, nenhuma irregularidade foi encontrada. Em seguida, os fiscais seguiriam para o Imperatriz da Avenida Mauro Ramos, onde ainda realizam trabalhos. De acordo com Silva, caso sejam encontrado os produtos listados nas prateleiras, os supermercados terão de retirá-los. Os produtos não serão apreendidos, pois trata-se de uma suspensão preventiva. Caso não sejam encontrados riscos, a Anvisa poderá liberar novamente o consumo.

Da parte do Procon, ocorre uma notificação dos supermercados, para que eles façam o ressarcimento dos clientes que compraram os produtos listados e ainda tenham a nota fiscal. 

— Acredito que os supermercados não terão dificuldade em aceitar os produtos de volta e ressarcir o consumidor — diz Silva.

O secretário afirma ainda que a operação é muito mais informativa do que repressiva: 

— A gente tem tido uma facilidade de trato com os supermercados, que também estão preocupados em atender todas as exigências da Anvisa.

A operação do Procon deve continuar nesta quinta-feira, porém um balanço parcial será divulgado no fim do dia de hoje. 

Carnes listadas na portaria da Anvisa

- Peccin Agro Industrial, unidade de Curitiba (PR) (SIF 2155) 
- Peccin Agro Industrial, unidade de Jaraguá do Sul (SC) (SIF 825)
- Souza Ramos, da fábrica em Colombo (PR) (SIF 4040) 
- Transmeat, do frigorífico em Balsa Nova (PR) (SIF 4644) 

Leia mais

Anvisa vai fiscalizar lojas e interditar venda de carne que é alvo de recall
Hong Kong, sexto mercado de SC, volta a liberar importação de carne
Indústria de SC prevê impacto US$ 260 milhões com a Carne Fraca
Saiba como está a situação dos mercados após a operação da PF
Análise de amostras não aponta risco à saúde, garante ministro

 Veja também
 
 Comente essa história