O presidente Michel Temer divulgou, nesta segunda-feira (19), um vídeo em que afirma que os criminosos "não sairão impunes" e que "serão responsabilizados" por seus atos. A mensagem — dividida em três vídeos curtos — foi postada no perfil do peemedebista no Twitter.

A divulgação da mensagem ocorre após a entrevista do empresário Joesley Batista, do grupo J&F, à revista Época, publicada no fim de semana. Na entrevista, o empresário acusa Temer de ser o chefe da "maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil".

Leia mais
"Expandiu-se demais a investigação", diz Gilmar Mendes sobre a Lava-Jato
Confira os principais trechos da entrevista de Joesley à Época
Temer nega acusações de Joesley e ameaça processar empresário 

Sem mencionar o nome do empresário, o presidente afirma que o governo acabou com favores que beneficiavam algumas empresas no país. Isso, segundo Temer, desagradou "criminosos" que cresceram "à sombra dos ilícitos e do dinheiro público".

— Cortamos as práticas que permitiam a criminosos crescer à sombra dos ilícitos e do dinheiro público jorrado, sem limite e com juros camaradas (...) Aviso aos criminosos que não sairão impunes. Pagarão o que devem e serão responsabilizados pelos seus ilícitos — disse Temer.

Confira os outros dois vídeos divulgados pela Presidência da República:


 Veja também
 
 Comente essa história