Convênio entre Apae, prefeitura e governo garante transporte gratuito de alunos em Florianópolis Marco Favero/Agencia RBS

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Depois de duas semanas de negociação, um acordo entre Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), prefeitura de Florianópolis, governo do Estado e Ministério Público de Santa Catarina garantiu o dinheiro necessário para manter em circulação os quatro ônibus utilizados gratuitamente pelos 250 alunos da instituição na Capital.

O serviço havia sido paralisado no dia 1º de junho por falta de verba, tendo em vista que o custo com o serviço é de R$ 120 mil por mês, incluindo carros, ônibus e manutenção de pessoal de logística — uma equipe de 20 pessoas. São realizados em média 24 viagens por dia, resultando em 18 mil quilômetros por mês.

— Firmamos o acordo verbal na quarta-feira passada (14) e já retomamos o transporte dos alunos. Agora, estamos esperando a prefeitura e o governo para assinar o convênio. Com esse valor, será possível manter os quatro ônibus em funcionamento — disse a presidente da Apae, Elizabeth Teresa Donato das Neves.

Elizabeth não confirmou o valor do convênio, mas, de acordo com o colunista Rafael Martini, do Diário Catarinense, município e estado repassarão R$ 50 mil cada até dezembro. O restante dos gastos da instituição - atendimento pedagógico e médico, e quadro de funcionários, está coberto por outros convênios.

Leia as últimas notícias da Grande Florianópolis

 DC Recomenda
 
 Comente essa história