Gean diz que ações que poderiam frear violência são "tímidas" e promete novo plano de segurança  Guto Kuerten/Divulgação

Foto: Guto Kuerten / Divulgação

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (PMDB), admitiu ter dificuldades para colocar em prática os projetos sociais que promete para frear a violência na cidade. Na manhã desta quinta-feira, Gean afirmou que as propostas da atual gestão ainda estão em fase de elaboração. Já os programas existentes são "tímidos", segundo ele, por conta do déficit financeiro no município. 

Apesar disso, a promessa da prefeitura é de que um plano de segurança seja implementado no segundo semestre do ano. Enquanto isso, a Capital de Santa Catarina atingiu a marca de 101 mortes violentas em 2017 após a descoberta de dois corpos em uma comunidade na tarde desta quinta-feira. Com relação ao mesmo período de 2016, houve um crescimento de 124% no índice. 

—  Nós temos projetos de assistência social, mas isso ainda é muito tímido e não tem o efeito necessário. Uma política pública forte só tem resultado se for pensada a longo prazo — disse. 

O plano de segurança deve ser implementado nos próximos meses. O Projeto Bairro Educador, que selecionará iniciativas culturais nos bairros para serem trabalhadas com crianças e adolescentes em situação de risco nas escolas e associações locais, fará parte do plano, assim como o Conselho Municipal de Segurança, que contará com integrantes de organizações civis e membros de órgãos de segurança do Estado. O plano de segurança deve ser enviado para a Câmara de Vereadores assim que finalizado na prefeitura. 

— Até o fim do ano, com as ações que vão acontecendo de maneira mais pontual, nós queremos estabelecer uma cooperação para que todo o município possa implementar o conselho em 2018 — disse. 

Leia mais notícias:
Diogo Vargas: o embate entre polícia e bandidos em Florianópolis
Com a descoberta de corpos, Capital chega a 101 mortes violentas
Grande Florianópolis tem madrugada de ataques a unidades de segurança


 Veja também
 
 Comente essa história