Servidores da Comcap programam atividades em frente à Câmara de Vereadores nesta quinta-feira Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini / Agência RBS

A quinta-feira promete ser outro dia de movimentação intensa em frente à Câmara de Vereadores de Florianópolis. Por volta das 8h, servidores da Comcap organizaram uma nova assembleia para decidir a continuidade da greve na Capital. Às 10h, o Projeto de Lei (PL) que transforma a empresa de economia mista em autarquia municipal deve ser analisada em plenário. Paralisados desde segunda-feira, os servidores da Comcap afirmam que só retornarão ao trabalho quando a prefeitura retirar o PL da pauta de votação.

Em meio à movimentação do lado de fora, cerca de 50 trabalhadores permanecem ocupados dentro do prédio desde a manhã de ontem. Eles ocuparam os dois últimos andares e nesta manhã devem se reunir com os vereadores para discutir o projeto de lei. Na reunião do lado de fora, o presidente do sindicato da categoria, Alex dos Santos, afirmou que durante a madrugada houve confusão dentro do prédio. 

— Tem 50 servidores lá dentro, no último andar dentro do gabinete da presidência. Lá dentro, estão soltando spray de pimenta — disse.

Servidores feridos foram levados ao hospital, afirma Sintrasem

Na tarde de quarta, a Polícia Militar tentou barrar a entrada dos servidores no plenário da Câmara. Houve confusão e, segundo o Sintrasem, três servidores foram atingidos por balas de borracha na barriga e precisaram ser levados ao hospital. 

Leia mais notícias:
Intransigência do Sintrasem em negociações tem como pano de fundo a eleição para diretoria

Prefeitura anuncia contratação de empresa para fazer coleta de lixo se Comcap não encerrar greve

Tropas agem com bombas de efeito moral e tiros de bala de borracha em confusão na Câmara da Capital


 DC Recomenda
 
 Comente essa história