Um homem, identificado como Mauro Antonio Pereira Morais Gobatto, de 24 anos, morreu baleado na tarde desta quarta-feira no bairro Pantanal, em Florianópolis. Segundo informações repassadas pela Central de Polícia, uma das guarnições da Polícia Militar teria sido recebida com tiros quando entrou em patrulha na Rua Professora Leonor de Barros. Na troca de tiros, Gobatto acabou sendo atingido e morreu no local. Nenhum outro morador ou policial ficou ferido.

Em entrevista ao G1, o tenente-coronel Marcelo Pontes, comandante do 4ª Batalhão da PM, afirmou que o homem começou a atirar com uma pistola 9 milímetros assim que avistou a viatura. Até o fim da tarde, o corpo permanecia no local. A pistola encontrada junto com a vítima foi recolhida. Gobatto também tinha munições nos bolsos. Essa é a morte violenta de número 125 este ano em Florianópolis. 

Na madrugada desta quarta-feira, um homem identificado como Samuel dos Santos Garcia, de 36 anos, foi executado na Rua Campos Novos, na Barra do Aririu, em Palhoça. Já na segunda-feira, o corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado na praia do Moçambique, região norte da Ilha de Santa Catarina. A Polícia Civil classificou o caso como homicídio, levando Florianópolis a registrar o 123º assassinato em 2017.

Leia mais:
Estatísticas da Segurança Pública apontam escalada de homicídios e outros crimes em SC



 Veja também
 
 Comente essa história