Vídeo: câmera mostra momento em que PM é morto em Guabiruba Reprodução/reprodução

Foto: Reprodução / reprodução

A Polícia Civil de Brusque está investigando a morte do cabo da Polícia Militar Everaldo Soares de Campos, de 42, baleado em frente a uma agência bancária em Guabiruba, no Vale do Itajaí, nesta segunda-feira de manhã.

Campos estava indo ao banco por razões pessoais quando foi baleado. Ele levou sete tiros e morreu enquanto recebia atendimento médico no Hospital Azambuja. Câmeras do sistema de segurança da Viacredi flagraram o momento em que o PM é morto, por volta das 10h30min. É possível ver que dois homens se aproximam dele e atiram várias vezes, mesmo depois da vítima largar no chão o malote que carregava. Os homens roubaram o malote e fugiram usando um veículo Hyundai HB20 com placas de Brusque. O veículo foi abandonado próximo à Casan, no bairro Guabiruba Sul.

 O delegado Alex Bonfim Reis, da Polícia Civil de Brusque, diz que o caso está sendo investigado e, por enquanto, é tratado como um latrocínio (roubo seguido de morte).

O policial era o cabo mais antigo da equipe do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) da PM de Brusque e estava na expectativa de uma promoção a sargento, que já estaria programada para o ano que vem. Natural de Ituporanga, ele tinha dois filhos. Campos estava na PM desde 1998 e já havia atuado no batalhão de Brusque e na Força Nacional.

 Veja também
 
 Comente essa história