Homem mata a esposa e depois tira a própria vida na Serrinha, em Florianópolis Arquivo pessoal/Facebook

Selma Rapachinski Ferreira

Foto: Arquivo pessoal / Facebook

Uma discussão em um dos apartamentos do endereço 385 da rua José João Martendall, na Serrinha, em Florianópolis, antecedeu o assassinato de Selma Rapachinski Ferreira, 32 anos, morta com dois tiros pelo marido, Leandro Magalhães Maciel, 34 anos. Após matar a esposa, o homem se matou com um tiro. O crime ocorreu no início da tarde desta sexta-feira.

Um vizinho do casal, que prefere não se identificar, afirma que Selma não ia trabalhar há alguns dias e, nesta sexta-feira, sua chefe foi até a casa da funcionária. Ao chegar, diz o vizinho, Selma deu um grito de dentro de casa, antes de todos ouvirem o estampido de três tiros. A Polícia Militar, que já tinha sido chamado por causa dos gritos, chegou em seguida, mas já encontrou Selma e Leandro mortos.

O casal tem um filho de seis anos, que estava na escola no momento do crime. Os dois eram de Londrina, no Paraná, e moravam em Florianópolis desde o início do ano, segundo a Delegacia de Homicídios. O delegado Ênio Mattos, titular da delegacia, não repassou detalhes da investigação. 

Leia também:

Sozinhas: histórias de mulheres que sofrem violência no campo

Mulher é encontrada morta dentro de armário em apartamento de Chapecó

SC contabiliza 49 mortes violentas de mulheres em 2017


 Veja também
 
 Comente essa história