Morre segurança que ateou fogo a crianças de creche em Janaúba, MG Divulgação/Polícia Militar - MG

Foto: Divulgação / Polícia Militar - MG

O responsável por atear fogo a uma creche em Janaúba, município no norte de Minas Gerais, nesta quinta-feira (5), morreu no hospital. Pelo menos quatro crianças e uma mulher morreram após serem atingidas pelas chamas provocadas por Damião Soares dos Santos, de 50 anos.

Depois de cometer o crime, o homem havia ateado fogo ao próprio corpo. A informação sobre a morte dele foi confirmada pela assessoria do Hospital Regional de Janaúba, às 14h50min, e divulgada pelo G1.

Damião Soares dos Santos era segurança no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente. O homem, funcionário da prefeitura desde 2008, foi ao local na manhã desta quinta-feira entregar um atestado médico, depois de ser afastado, em setembro, alegando problemas de saúde. Chegando à creche, ele teria cometido o crime. 

De acordo com a assessoria do hospital, cerca de 40 pessoas deram entrada na unidade de saúde — 14 são crianças com idades entre quatro e cinco anos, e todas tiveram mais de 20% do corpo queimado. 

 Veja também
 
 Comente essa história