Um prefeito foi assassinado, nesta sexta-feira (6), no estado mexicano de Michoacán (oeste), um dos mais afetados pela violência ligada ao crime organizado.

"Minhas mais sinceras condolências a familiares e a amigos do prefeito de Paracho, Stalin Sánchez González, que perdeu a vida esta manhã", declarou no Twitter o governador de Michoacán, Silvano Aureoles.

O governador informou que instruiu o Ministério Público "a tomar as providências para encontrar os responsáveis e levá-los à Justiça".

Carlos Torres Piña, líder local do Partido da Revolução Democrática (PRD, de esquerda), ao qual Sánchez González era afiliado, disse à imprensa desconhecer se o prefeito havia recebido ameaças de grupos criminosos.

Paracho fica no noroeste de Michoacán e ganhou fama internacional como a "terra das guitarras", pela fabricação artesanal de guitarras clássicas.

Michoacán é um dos estados mais atingidos pela violência ligada ao crime organizado com a forte presença de diferentes grupos criminosos.

Em junho, o jornalista Salvador Adame foi assassinado nesse estado a mando de um chefe de quadrilha local, segundo o Ministério Público estadual.

Desde 2003, quase 50 prefeitos foram mortos no país, segundo a Associação Nacional de Prefeitos. Muitos foram alvo do crime organizado.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história