Quatro soldados iemenitas morreram e sete ficaram feridos em um atentado suicida na sexta-feira com um carro-bomba atribuído à Al Qaeda na província meridional de Abyan, informou uma fonte de segurança.

O ataque teve como alvo um comandante das forças governamentais iemenitas, apoiadas pelos Emirados Árabes Unidos na região de Janfar, acrescentou a fonte.

De acordo com fonte, um combatente da Al Qaeda na Península Arábica (AQBA) lançou o veículo que dirigia nas forças de segurança que combatem a organização extremista no sul do Iêmen.

As tropas governamentais conquistaram recentemente vitórias importantes contra os combatentes da Al Qaeda nas províncias de Áden, Abyan e Lahaj, razão pela qual os jihadistas lançam ataques.

A AQBA, bem fixada no Iêmen, aproveitou o caos provocado pelo conflito no qual o governo do presidente Abd Rabo Mansur Hadi se opõe aos rebeldes huthis, para reforçar suas posições no sul do país.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história