O delegado Osnei Valdir de Oliveira vai deixar de responder pela Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú (DIC) e será transferido para outra delegacia no Estado, ainda não definida. A transferência ocorre dias após ter vindo à tona o inquérito conduzido pelo delegado, que indiciou dois policiais militares por falsidade ideológica no caso da prisão de um guarda municipal, em agosto.

O delegado regional, David Queiroz, disse que a transferência do chefe da DIC não tem relação direta com o caso e foi uma medida administrativa. O novo delegado a coordenar a divisão de investigações ainda não foi anunciado.

Procurado, o delegado Osnei Valdir de Oliveira não respondeu ao contato do DC.


 Veja também
 
 Comente essa história