O Instituto Geral de Perícias (IGP) identificou nesta quinta-feira os nomes dos dois homens encontrados enterrados em uma cova rasa no Morro do Mosquito, em Ingleses, Florianópolis, na tarde de quarta-feira: Rafael João Corrêa, 29 anos, conhecido como Farra, e Jonas Nascimento dos Santos, 24 anos. Ambos foram encontrados durante uma operação da Polícia Civil na comunidade do norte da Ilha. Durante a ação, cinco armas foram apreendidas, sendo uma submetralhadora, e cinco pessoas foram detidas, sendo três adolescentes.

Apesar de o delegado Ênio Mattos, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, dizer que não há confirmação de que os corpos enterrados no Mosquito são dos homens que estavam desaparecidos da Costeira desde o final de outubro, quando membros de uma facção invadiram uma casa e sequestraram dois ou três membros rivais, a reportagem apurou que Rafael e Jonas eram sim moradores da Costeira e foram levados da comunidade em 30 de outubro por homens armados.

Invasão na Costeira

A polícia investiga uma invasão no Morro da Costeira na madrugada de segunda-feira retrasada (30), quando criminosos teriam rendido três jovens de uma facção rival em uma casa. Vídeos mostram eles sendo levados pelos criminosos e depois, com a imagem escura, ouve-se o som de tiros.

Os criminosos aparecem fazendo provocações e xingamentos sobre a facção deles. As autoridades não confirmaram se houve mortes nesta ocorrência, pois nenhum corpo havia sido localizado. As duas vítimas encontrados na quarta-feira no Mosquito, agora sabe-se, eram eles.

A tensão na região voltou após o retorno do traficante Sérgio de Souza, o Neném da Costeira, ao sistema prisional de Santa Catarina — ele estava em presídio federal desde 2011.   

 Veja também
 
 Comente essa história