Câmeras flagram ataque contra delegacia em Florianópolis Cristiano Estrela / Diario Catarinense/Diario Catarinense

Tiros foram disparados contra a DP na madrugada desta quarta-feira (13)

Foto: Cristiano Estrela / Diario Catarinense / Diario Catarinense

As câmeras de monitoramento da 2ª Delegacia de Polícia, no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis, flagraram o ataque sofrido pela unidade na madrugada desta quarta-feira (13). As imagens mostram os dois homens efetuando disparos com arma de fogo. A dupla, que estava a pé, atirou contra a delegacia e saiu correndo pela escuridão. 

Segundo os policiais que trabalham na delegacia — que fica na Rua Professor Adir Faísca, em um dos acessos do maciço do Morro da Cruz — o horário que aparece no vídeo não está correto. O momento real do ataque foi à 1h15min. Pelo menos 15 disparos foram desferidos contra a delegacia. Cápsulas de pistolas 9mm e 380 foram encontradas no pátio da unidade. 

Um inquérito policia foi aberto pela delegada Ester Coelho para investigar a ação criminosa. A delegacia já foi alvo de pelo menos cinco ataques, sendo que três foram neste ano. Os disparos contra unidade, nas ocasiões anteriores, ocorreram durante ondas de atentados contra unidades de segurança pública. 

Confira as imagens

Além dos disparos contra a delegacia, a polícia apura três casos de veículos incendiados durante a madrugada na Capital. Um deles ocorreu no no túnel Antonieta de Barros, no sentido Centro-bairro. O Corpo de Bombeiros Militar e a PM foram acionados para verificar se havia um carro incendiado no local. 

Os bombeiros não encontraram nenhum carro no túnel, já a PM diz que havia um carro parcialmente queimado, mas que não havia ninguém por perto. Após passar pelo túnel, segunda a polícia, a viatura foi alvo de disparos que teriam partido de um morro próximo. Nenhum dos policiais ficou ferido.

No mesmo horário, a 2ª DP do Saco dos Limões foi alvo dos disparos de arma de fogo. Os policiais que estavam de plantão na delegacia não foram atingidos. 

Duas horas depois, três de cinco veículos que estavam estacionados em um terreno baldio numa lateral da SC-406, no bairro Ingleses, foram incendiados. Dois deles ficaram completamente queimados e o terceiro foi parcialmente atingido. 

Ainda não se sabe se esse caso dos Ingleses tem relação com os demais, pois há uma suspeita de que o incêndio tenha sido direcionado ao dono dos veículos que supostamente trabalha como motorista de aplicativo. 

O último caso foi registrado às 4h, no bairro Balneário, no Continente. Um carro roubado foi incendiado ao lado do posto da Polícia Militar que fica ao lado de uma praça. Os suspeitos não foram presos. 

A polícia ainda não confirma se os incêndios da madrugada tem relação com a perseguição que terminou em morte na madrugada de terça-feira (12).

Leia mais

Polícia apura incêndios em veículos e atentado contra delegacia em Florianópolis

Homem é morto e outros dois são baleados no bairro Monte Cristo, em Florianópolis

"Temos fechado o foco sobre áreas críticas", diz secretário Grubba

Perseguição termina em confronto e morte nesta terça-feira, em Florianópolis

Especialistas apontam caminhos para diminuir homicídios em SC

 Veja também
 
 Comente essa história