Dois alunos adolescentes foram mortos nesta quinta-feira (7) em um tiroteio em uma escola do Novo México (sudoeste dos Estados Unidos) - informou a Polícia estadual (NMSP, na sigla em inglês), indicando que o suposto autor do ataque também faleceu.

"Um suspeito de ter disparado está morto. Dois estudantes faleceram. Não foram reportados outros feridos. A escola foi evacuada", tuitou a Polícia.

O ataque aconteceu na Aztec High School, detalhou a Polícia estadual no Twitter.

"#NMSP está investigando esse incidente. Oficiais estão no momento realizando verificações de segurança na Aztec High School", disse a Polícia.

Localizada na cidade de Aztec, cerca de 300 quilômetros a noroeste de Albuquerque, a escola foi fechada e evacuada.

A Polícia isolou uma área em um parque próximo para que os pais pudessem levar seus filhos, declarou o gabinete do xerife do condado de San Juan em sua página no Facebook.

As famílias foram notificadas, observou a Polícia.

Garrett Parker, aluno da Aztec High School, declarou ao canal KOAT que "de todos os Estados do país jamais pensei que isto aconteceria aqui".

"Primeiro escutei que era um adulto, mas agora dizem que três alunos" morreram, incluindo o suspeito, declarou Parker, que estava na aula de história quando ocorreu o tiroteio.

"É trágico quando nossas crianças são alcançadas pela violência, especialmente nas escolas. Expressamos nossas condolências às famílias afetadas", disse Russell Begaye, presidente de uma reserva da tribo Navajo próxima à Aztec.

"Estes eventos são imprevisíveis. Fazemos o possível para proteger nossos amigos, nossos filhos e nossas famílias", concluiu Begaye.

Ao menos 3.700 crianças e adolescentes morreram ou ficaram feridos este ano nos Estados Unidos por disparos de arma de fogo, segundo o site gunviolencearchive.org.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história