Rio com água preta e cheiro de esgoto chama atenção no Campeche  Diorgenes Pandini/Diário Catarinense

Água escura e cheiro forte no riozinho do Novo Campeche

Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense

Uma enxurrada de água escura na praia no Novo Campeche, no sul da Ilha, chamou a atenção de moradores da região na tarde de terça-feira (9). Um vídeo que mostra o rio escoando para o mar foi compartilhado nas redes sociais. A reportagem esteve na praia nesta quarta-feira (10) e constatou a situação. Além da cor escura, o cheio de esgoto é muito forte.

Na praia, há muitas plantas e pedaços de madeira. A cor escura da água do riozinho é visível. Um morador do Campeche de 69 anos, que preferiu não divulgar o nome, conta que nunca viu a água tão escura e se preocupa com a sujeira que está na rpaia.

— Igual hoje nunca vi. Tem madeira, pau, de tudo, essa sujeira, acredito que a prefeitura tenha que levar, pois depois vai apodrecer. Já vi muita água parada, mas com esse cheiro não, até porque a água parada de lagoa é limpa, só fica sujo no fundo, mas não fede.

A Casan e a Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram) informam, por meio da assessoria de imprensa, que a água da Lagoa Pequena, devido às fortes chuvas, escoa em direção ao mar, um movimento natural de curso d´agua.

A cor escura seria provocada por uma série de fatores. Um deles é a matéria orgânica decomposta, como plantas e mangue. A sujeira das ruas, carregada pela água da chuva, também contribui, além do lançamento de esgoto clandestino na rede pluvial e o esgoto tratado de condomínios.

Segundo a Casan, a prefeitura, a Vigilância Sanitária e a própria Casan tentam combater o despejo ilegal de esgoto na rede pluvial por meio de blitz, ações de conscientização e autos de infração.

Leia mais:

Com chuva incessante, bairro Rio Vermelho, em Florianópolis, fica "embaixo d'água" 

Grande quantidade de chuva deixa Florianópolis em estado de alerta 

 Quarta-feira é de tempo instável e chance de chuvas fortes em SC 


 Veja também
 
 Comente essa história