Número de mortes nas rodovias federais de SC no Carnaval supera 2017 Divulgação/Divulgação

Motorista de 44 anos morreu no último domingo após colisão na SC-418, em Joinville

Foto: Divulgação / Divulgação

A operação de Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF) terminou na quarta-feira de cinzas. Com isso, as autoridades responsáveis pelas rodovias do Estado fizeram avaliações a partir dos relatórios preliminares em Santa Catarina. O principal destaque é que o número de mortes no feriado prolongado subiu em relação ao mesmo período do ano passado: foram onze vítimas fatais em 2018, enquanto que em 2017 foram sete casos.

O número de feridos nas rodovias federais também já é maior: foram 189 vítimas, número superior ao registrado nos carnavais dos dois anos anteriores — 167 em 2017 e 165 em 2016. O volume de acidentes, 188 casos, também superou o ano passado, quando foram registrados 170.

Leia Mais
BR-101 tem lentidão no retorno do feriado
12 pessoas morrem em acidentes de trânsito
Turismo cresce 26% em Balneário Camboriú

A PRF destaca que dois fatores influenciaram o aumento de vítimas nas estradas. O primeiro foi o grande número de dias chuvosos durante o feriado, o que dificulta a direção nas rodovias — como no caso do motorista de Urussanga que morreu após bater contra uma placa de sinalização na BR-101. 

Outro fator foi a data, já que o feriado prolongado começou na segunda semana de fevereiro neste ano, enquanto em 2017 o Carnaval ocorreu no fim do mês. Segundo a PRF, nesse período há muitos turistas que passam as férias em Santa Catarina, e o feriado trouxe ainda mais pessoas para o Estado.

Número de mortes nas rodovias estaduais é igual ao de 2017

Já nas rodovias estaduais catarinenses foram duas mortes, sendo uma na SC-418, em Joinville, e outra na SC-401, em Florianópolis. O número é o mesmo de 2017, quando houve uma vítima fatal em Treze Tílias e outra em Nova Trento. O relatório é disponibilizado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

Além disso, foram registrados 141 acidentes e 77 feridos durante o feriado prolongado de Carnaval em 2018. No ano passado, o número de acidentes foi maior, com 152, e o de feridos menor, com 70.

 Veja também
 
 Comente essa história