Número de mortes por afogamento cai 32,5% nesta temporada em SC, aponta levantamento do Corpo de Bombeiros Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina

Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

O número total de mortes por afogamento em Santa Catarina caiu 32,5% nesta temporada com relação a temporada 2016/2017. Os dados são de um levantamento feito pelo Centro de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros Militar, que foi divulgado nesta semana. Ao todo, 29 pessoas morreram ao longo da temporada 2017/2018, sendo que a maioria (18), foram em ocorrências dentro de água doce, como rios e cachoeiras. Os demais casos (11), foram em água salgada. Na Operação Veraneio anterior foram registradas 43 mortes e, diferentemente de agora, a maioria (23) foi no mar. 

Conforme o centro de comunicação dos bombeiros, antes de deixar o comando-geral da instituição, o coronel Onir Mocellin, avaliou de forma positiva a operação desta temporada. Ele destaca que, das 11 mortes no mar registradas neste ano, apenas uma foi em área com postos de guarda-vidas. Já no ano passado, foram três. 

Já com relação ao número de pessoas que chegaram a se afogar no mar, mas foram reanimadas pelos bombeiros, foram 85 casos nesta temporada e 120 na temporada passada. O número de pessoas salvas pelos guarda-vidas por terem sido arrastadas por correntes de retorno foi de 2,4 mil nesta temporada, enquanto na anterior, foram 3,7 mil. 

Outro dado que chama atenção é a redução do número de ocorrências de lesão causadas por água-viva. Na temporada 2017/2018 foram registradas 32,3 mil. Já na operação dos anos 2016/2017 o número foi mais que o dobro, 76,7 mil. Por fim, o número de arrastamentos também teve redução de 3,7 mil na temporada anterior para 2,4 mil nesta. 

Conforme o levantamento, o comparativo foi feito na semana posterior ao Carnaval, quando o número de turistas e pessoas nas praias diminui. No período analisado foi comparado o número de ocorrência no período que foi de 5 de outubro de 2017 até esta quarta-feira com o número equivalente de dias da Operação Veraneio passada, que foi de outubro de 2016 até fevereiro de 2017. Ao todo foram analisados 136 dias em ambos os períodos.


 Veja também
 
 Comente essa história