Damasco anunciou que sua defesa antiaérea "repeliu" nesta quarta-feira (14) aviões de vigilância israelenses que sobrevoavam a região de Quneitra (sul), quatro dias depois de uma série de ataques aéreos israelenses à Síria, nos quais Israel perdeu uma aeronave.

"As defesas antiaéreas sírias repeliram aviões de vigilância israelenses em Quneitra, obrigando-os a sair do espaço aéreo" sírio, noticiou à noite a agência oficial Sana.

O regime informou no sábado passado que tinha repelido um ataque israelense contra uma base militar no centro do país, e que seus projéteis atingiram mais de um avião.

Um avião israelense caiu em seu próprio território e o exército deste país reconheceu que a defesa antiaérea síria provocou esta queda, durante uma operação contra alvos iranianos.

Israel realizou dezenas de ataques contra o exército sírio e seus aliados desde o início da guerra civil neste país em 2011.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história