O ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, exortou nesta quinta-feira Estados Unidos e Coreia do Norte a iniciar um diálogo o mais cedo possível, depois que Pyongyang e Seul concordaram em celebrar uma cúpula sobre a crise nuclear.

"Lançamos um apelo a todas as partes, especialmente a Estados Unidos e Coreia do Norte, para que entrem em contato e dialoguem o mais cedo possível", declarou Wang Yi em entrevista coletiva.

Na mesma entrevista, Wang Yi declarou que Pequim adotará "sem dúvida" uma "resposta apropriada e necessária" diante de possíveis sanções comerciais americanas", em referência às taxações anunciadas por Washington sobre as importações de aço e alumínio.

"Nesta nossa era globalizada, os que recorrerem a uma guerra comercial vão estar escolhendo o remédio equivocado, e não conseguirão outra coisa que penalizar outros e eles mesmos", acrescentou Wang sobre as tarifas anunciadas pelo presidente americano, Donald Trump.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história