Ataques de tubarões assustam surfistas na Austrália TV Seven News / Reprodução/Reprodução

Foto: TV Seven News / Reprodução / Reprodução

Os surfistas na região ocidental da Austrália estão preocupados com a incidência de ataques de tubarões. Nesta segunda-feira (16), dois surfistas foram atacados na cidade de Gracetown.

O primeiro ataque foi às 8h (horário local), na Praia Cobblestones. O segundo, às 14h30min, na Praia Lefthanders. Os dois ataques ocorreram a cerca de dois quilômetros entre eles e geraram um alerta que cancelou a etapa Margaret River Pro da WSL por uma hora, até que a segurança fosse reforçada com jetskis e drones.

O primeiro atleta atacado foi Alejandro Travaglini, de 37 anos. Ele lutou com o animal e conseguiu voltar para a areia, onde recebeu atendimento emergencial e foi levado ao hospital de helicóptero. Sua condição é estável após passar por cirurgia.

O segundo ataque foi sobre Jason Longrass, de 41 anos. O surfista não sabia do ataque anterior e do fechamento das praias. Ele disse à imprensa australiana que foi atacado por um tubarão branco de quatro metros, mas o animal mordeu apenas a sua prancha, provocando ferimentos leves nas pernas.

Nos últimos 15 anos, três surfistas morreram na região em ataques de tubarão: Bradley Smith, Chris Boyd e Nick Edwards.

 Veja também
 
 Comente essa história