A atividade industrial da região de Nova York desacelerou em abril, ao contrário das previsões dos analistas, segundo o índice Empire State, publicado na segunda-feira pela representação regional do Federal Reserve (Fed).

O índice retrocedeu sete pontos, apesar de se manter folgadamente em território positivo, a 15,8, um indicador de que a economia continua crescendo, apesar de a um ritmo mais lento.

O índice de novos pedidos de compra caiu 8 pontos, a 9, e também as entregas caíram 10 pontos, a 17,5.

Os indicadores do mercado de trabalho mostram um leve aumento, especialmente em termos de tempo trabalhado (+11 pontos, a 16,9).

Os índices de preços pagados (47,7 pontos) assim í como los facturados (20,7 puntos) se mantienen en niveles altos.

Ao contrário, o otimismo das empresas sobre a atividade dos próximos seis meses se deteriorou notavelmente.

O índice das condições futuras de negócios caiu 26 pontos para ficar em seu nível mais baixo em mais de dois anos (18,3).

A atividade da indústria da região de Nova York é considerada um termômetro para o resto do país.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história