Circula pelas redes sociais uma mensagem que não fecha informando sobre aumento de valores para multas de trânsito, com o logo do Jornal A Tarde, de Salvador (veja abaixo).

mensagem, não fecha, prova real, falsa
Foto: Reprodução / Reprodução
Não fecha, prova real, fact-checking
Foto: Artes DC / Artes DC

Confira todas as publicações do Prova Real

O tema realmente foi publicado pelo Jornal A Tarde no dia 13 de janeiro deste ano, mas para desmentir uma corrente que se espalhava pelo WhatsApp. Desta vez, os autores da notícia falsa foram mais ousados: fizeram uma montagem utilizando o logo do jornal com o box que descrevia a própria corrente enganosa e espalharam a mensagem novamente pelas redes sociais. Procurado, o jornal afirma que "trata-se de uma manipulação de uma matéria que fizemos".

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) informa que as infrações estão previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) a partir do artigo 161 e que os valores das punições estão no artigo 258. A lei federal 13.281, sancionada pela ex-presidente Dilma Rousseff no dia 4 de maio de 2016, no artigo 158, reajustou os valores apontados pelo CTB (veja em detalhes na tabela abaixo), conforme o número de pontos na carteira nacional de habilitação (CNH) descontados.

Ser flagrado falando ao celular, por exemplo, se tornou uma infração gravíssima com essa atualização – antes era grave. Agora, rende sete pontos na CNH e multa de R$ 293,47. No entanto, ainda assim cinco vezes menor do que o apontado pela mensagem falsa. 

Portanto, a mensagem que circula no WhatsApp NÃO FECHA.

Os valores reais 

Conforme os artigos 258 e 259 do Código de Trânsito Brasileiro as pontuações cometidas são classificadas de leve a gravíssimas, com os seguintes valores:
Leve - 3 pontos na CNH - R$ 88,38
Média - 4 pontos na CNH - R$ 130,16
Grave - 5 pontos na CNH - R$ 195,23
Gravíssima - 7 pontos na CNH - R$ 293,47

As multas citadas pela mensagem falsa e os valores verdadeiros

Dirigir falando ao telefone (artigo 252 do CTB)
- Usando fones: infração média - multa de R$ 130,16
- Segurando o telefone em uma das mãos: infração gravíssima - multa de R$ 293,47

Avançar o sinal vermelho do semáforo ou o de parada obrigatória (artigo 208)
- Infração gravíssima - multa de R$ 293,47 

Ultrapassar pela contramão (artigo 203)
- Onde houver sinalização de linha dupla contínua ou simples contínua amarela na pista: infração gravíssima - cinco vezes o valor da multa desta natureza, ficando em R$ 1.467,35

O Prova Real é a iniciativa de fact-checking e debunking da NSC Comunicação. Você também pode sugerir temas pelo e-mail provareal@somosnsc.com.br ou pelo WhatsApp (48) 99188-2253.

Veja outras checagens:

Até onde a água da baía Norte é poluída?

Checamos quanto a UFSC está economizando nas novas instalações em Joinville

SC tem 100 tornozeleiras eletrônicas sendo usadas e 2 mil disponíveis. É verdade?

Radar na Avenida Beira-Mar Norte: é verdade? 

 Veja também
 
 Comente essa história