Rússia pode ter visitado o local do suposto ataque químico em Duma, na Síria, e supostamente manipulado as evidências, afirmou nestas segunda-feira o embaixador dos Estados Unidos na Organização Internacional para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

"Os russos podem ter visitado o local do ataque, e estamos preocupados que eles o tenham adulterado a fim de frustrar os esforços da missão da OPAQ de realizar uma investigação eficaz", afirmou Ken Ward, em uma reunião da organização em sua sede em Haia.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história