Uma mulher de 40 anos e o seu filho de 1 ano e 9 meses foram mortos na tarde de quarta-feira em Tubarão, no Sul do Estado. Eles passeavam no bairro Passagem quando foram atropelados por um veículo em alta velocidade que havia sido furtado alguns minutos antes. 

O suspeito pelo atropelamento furtou um veículo HB20 por volta das 13h50 no bairro Oficinas, sendo identificado pelos policiais militares em seguida. Ele dirigiu alguns quilômetros até realizar o atropelamento às 14h30. O impacto foi tão grande que a mulher foi arremessada sobre um muro e caiu no pátio de uma residência, morrendo no local. O bebê ainda foi atendido e encaminhado ao hospital, mas foi diagnosticado com traumatismo craniano e morreu em seguida.

O carro furtado foi abandonado com danos próximo à rua Dalmari Luciano Luiz, conhecida como rua Floresta, de onde o suspeito fugiu à pé. A Polícia Militar realizou buscas durante toda a madrugada, encontrando-o na manhã desta quinta-feira no município de Pescaria Brava, divisa com Laguna. Ele foi encaminhado para a delegacia de Tubarão e posteriormente ao Presídio Regional de Tubarão.

Segundo o delegado do caso, Rubem Teston, o suspeito tem 24 anos e é conhecido por ter passagens policiais por diversos motivos desde a sua adolescência. Ele foi autuado pelo crime de homicídio com dolo eventual, pois assumiu o risco ao andar com o veículo em alta velocidade.

A Polícia Civil está investigando o caso e, segundo as informações preliminares, o suspeito não tinha relações com as vítimas.

Leia Mais

Traficantes ligados a criminosos no Rio são presos em SC

Empresário que atropelou três nos Ingleses é preso por receptação no RS

Reforma na casa de filha de Temer foi paga por mulher do coronel Lima

 Veja também
 
 Comente essa história