Uma mulher de 39 anos foi morta a pauladas no último domingo em Araranguá, no Sul do Estado. O corpo estava sem roupas e coberto por galhos quando foi encontrado por ciclistas que passavam próximo ao rio Araranguá durante a tarde.

De acordo com os policiais, a última informação da vítima é que ela passou mal durante a madrugada e foi com seu carro para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município por volta da 1h. O carro foi encontrado ainda no começo da tarde, mas a bolsa não. 

A Polícia Civil está investigando o caso e a principal suspeita é de latrocínio, com roubo seguido de morte. Apesar das rondas pela região, até a manhã desta segunda-feira nenhum suspeito havia sido encontrado.

A vítima trabalhava como merendeira na escola Professora Maria Garcia Pessi, o maior colégio estadual da cidade. A direção da unidade divulgou uma mensagem de luto e suspendeu as atividades nesta segunda-feira.

* Com informações de NSC TV

Leia Mais

Homem morre ao lado do filho em Curitibanos

Dono de pizzaria é assassinado após reagir a assalto

Homem morre atingido por 18 tiros em BC

 Veja também
 
 Comente essa história