Cheryshev: de pivô de eliminação a craque da estreia Francisco Leong/AFP

Jovem promessa do futebol russo marcou dois gols na partida de estreia da Copa do Mundo

Foto: Francisco Leong / AFP

Os olhos do mundo se voltaram para Moscou, onde Rússia e Arábia Saudita fizeram o jogo de estreia da Copa do Mundo. O destaque ficou por conta de Denis Cheryshev autor de dois gols na vitória por 5 a 0 diante dos sauditas

Revelado nas categorias de base do Real Madrid, atualmente o atacante defende as cores do  Villarreal.  Chegou a capital espanhola aos 12 anos. Em 2009, no time B do Real Madrid  marcou 22 gols em 109 jogos. Na época, a equipe era treinada por  Zinedine Zidane.

Acesse e confira as últimas notícias da Copa na página especial Vai, Brasil   

Jogou poucas vezes no time principal e se envolveu em uma polêmica durante a Copa do Rei, na temporada 2015/2016. O jogador foi escalado irregularmente e os merengues foram eliminados para o Cádiz.  Primeiro russo a jogar pelo time espanhol, Cheryshev  marcou um dos gols na vitória por 3 a 1, fora de casa. 

O atacante, no entanto, não poderia jogar a partida porque na edição anterior da Copa do Rei, quando jogava pelo Villarreal por empréstimo, recebeu três cartões amarelos. Ele deveria cumprir suspensão automática segundo o regulamento. 

 Real Madrids Russian midfielder Denis Cheryshev (R) celebrates after scoring during the Spanish Copa del Rey (Kings Cup) football match Cadiz CF vs Real Madrid at the Ramon de Carranza in Cadiz on December 2, 2015.  AFP PHOTO / CRISTINA QUICLER / AFP / CRISTINA QUICLEREditoria: SPOLocal: CadizIndexador: CRISTINA QUICLERSecao: soccerFonte: AFPFotógrafo: STR
Cheryshev foi autor de um dos gols na vitória do Real Madrid contra o Cádiz, por 3 a 1, na Copa do Rei Foto: Cristina Quicler / AFP

Primeiro russo a jogar pelo time espanhol, ele marcou um dos gols na vitória por 3 a 1 sobre o Cádiz, fora de casa, no jogo de ida da Copa do Rei. 

Na época, o presidente do clube, Florentino Pérez, revelou que nunca havia sido informado sobre a punição do russo e, sendo assim, não poderia ser castigado pela federação. A entidade espanhola, contudo, não acatou a defesa do clube meregue e excluiu o Real Madrid da competição que viria a ser conquistada pelo Barcelona.

Em sua defesa, Cheryshev explicou, na época, que não havia sido avisado pelo seu ex-clube da situação em que se encontrava, e portanto não tinha conhecimento do caso para que alertasse o Real Madrid com antecedência.

 A REDENÇÃO EM SOLO RUSSO

Três anos após a polemica eliminação, o jovem atleta russo encontrou a redenção no estádio  Luzhniki diante da fraca Arábia Saudita. Cherysehev começou a partida no banco, mas aos 24 minutos do primeiro tempo substituiu o Alan Dzagoev. 

Menos de vinte minutos depois de entrar em campo, o atacante encontrou o caminho do gol. Cheryshev recebeu uma bola dentro da área, tirou dois zagueiros - com direito a uma cavadinha - e chutou forte para fazer o seu primeiro gol no mundial e o segundo da Rússia na abertura da copa. O primeiro tento havia sido marcado aos 11 por Yuri Gazinsky

O segundo tento da jovem promessa russsa, aconteceu no segundo tempo. Aos 46, Cheryshev acertou um belo chute da intermediária e fez o quarto gol da partida.

Esta foi a primeira partida oficial de Cheryshev com a camisa da seleção - as outras seis foram em amistosos - e a primeira vitória da Russia em sete jogos.

 Leia Mais

Fotos: Confira a festa da torcida russa

Copa 2018: abertura tem Ronaldo Nazário, bate-bola com mascote, 80 mil torcedores e discurso de Putin

Gazinsky: o autor do primeiro gol da Copa

Copa do Mundo 2018: Veja os melhores memes da abertura

 Veja também
 
 Comente essa história