Duas pessoas morreram nesta quinta-feira em um ataque com faca em uma mesquita de Malmesbury, perto da Cidade do Cabo, sudoeste da África do Sul. Poucos minutos depois as forças de segurança mataram o agressor.

Alertados por fiéis que estavam na mesquita, a polícia encontrou duas pessoas mortas a facadas e vários feridos, informou a porta-voz das forças de segurança, Noliyoso Rwexana.

"O suspeito, armado com uma faca, avançou contra os policiais que tentavam convencê-lo à aceitar a rendição", completou Rwexana.

"No fim, ele foi morto", explicou.

No mês passado, um ataque similar aconteceu em uma mesquita xiita de Verulam, ao norte de Durban (nordeste), onde três pessoas, que conseguiram escapar, degolaram um homem e esfaquearam outros dosi.

A África do Sul, com 53 milhões de habitantes, 1,5% deles muçulmanos, tem uma tradição de tolerância religiosa.

Até o momento, o país não sofreu ataques jihadistas, ao contrário de outros países africanos.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história