Prova Real: mensagem sobre erva-doce em remédio para gripe não fecha  Artes DC / Artes DC/Artes DC

Foto: Artes DC / Artes DC / Artes DC

Uma mensagem que tem circulado pelo aplicativo de mensagens WhatsApp diz que o medicamento Tamiflu, indicado para pessoas que tenham contraído a gripe H1N1, é feito de erva-doce e que a planta é capaz de matar o vírus influenza. No entanto, essas informações não são verdadeiras.

Não fecha, prova real, fact-checking
Foto: Artes DC / Artes DC

Confira todas as publicações do Prova Real

O laboratório Roche, que fabrica o Tamiflu, informa ao Prova Real que o medicamento não leva erva-doce em sua fórmula. O remédio é composto por fosfato de oseltamivir, entre outras substâncias. 

Já a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC) disse que não existe comprovação científica de que o chá de erva-doce tenha efeito contra o vírus da gripe. A Dive-SC reforça que o Tamiflu é indicado para o tratamento da doença em adultos e em crianças que tenham mais de um ano, e que o medicamento não substitui a vacina. 

A campanha de vacinação contra a gripe em todo o Brasil vai até o dia 1º de junho. A Dive-SC ainda disponibiliza no site recomendações de prevenção à gripe, como lavar as mãos freque frequentemente, usar álcool gel e evitar tocar o rosto com as mãos. 

A vacina é oferecida gratuitamente na rede pública de saúde para as pessoas pertencentes aos grupos prioritários, e a relação completa das salas de vacina do estado está disponível no site.

Dicas para evitar a gripe*:

- Lave e higienize as mãos com frequência, principalmente antes de consumir qualquer alimento;
- Ao tossir ou espirrar, proteja o rosto com um lenço ou com o antebraço;
- Evite tocar as mucosas dos olhos, do nariz e da boca;
- Higienize as mãos após tossir ou espirrar;
- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
- Mantenha os ambientes bem ventilados;
- Evite o contato próximo com pessoas que apresentem os sintomas da gripe.

Caso tenha sintomas da gripe, você deve:

- Procurar imediatamente um serviço de saúde, a fim de buscar tratamento adequado;
- Após o início do tratamento, evitar sair de casa no período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas);
- Evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados;
- Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos. 

*Fonte: Dive-SC 

Confira todas as publicações do Prova Real

Veja outras checagens:

É falsa mensagem que avisa sobre surto de gripe em abril

Checamos informações da Prefeitura de Florianópolis sobre o projeto que cria as organizações sociais

Confira se é verdade que criança em creche gerenciada por OS custaria R$ 7,2 mil por ano à Capital

 Veja também
 
 Comente essa história