Espécie em extinção, elefante-pigmeu é morto a tiros em Bornéu DIPTENDU DUTTA  / AFP/AFP

Foto: DIPTENDU DUTTA / AFP / AFP

Um elefante-pigmeu foi abatido na ilha de Bornéu, depois de destruir as plantações dos moradores - informou uma autoridade florestal malaia nesta quinta-feira (26).

O animal, um elefante macho com cerca de quatro anos de idade, foi encontrado na segunda-feira no acostamento de uma estrada no estado de Sabah, na parte malaia de Bornéu, afirmou o diretor do departamento malaio de vida selvagem, Augustine Tuuga.

Segundo ele, o "cruel" assassinato aconteceu perto de um remoto povoado. As autoridades buscam o autor do ataque.

"(O elefante) foi morto por vingança por destruir plantações", disse ele.

As presas do animal foram mantidas, o que indica que ele não foi abatido por caçadores.

Desde abril, pelo menos 18 elefantes-pigmeus foram mortos na parte malaia de Bornéu, ao norte, informou o jornal "The Star".

* AFP

Leia também:

STJ decide se guarda de animais deve ser tratada como a de crianças nesta terça

Corpo de Bombeiros socorre mulher e descobre que cobra era uma linguiça

Pescadores de SC acham fóssil de mastodonte pré-histórico

 Veja também
 
 Comente essa história