As críticas do presidente americano, Donald Trump, contra o projeto do gasoduto Nord Stream 2 entre Rússia e Alemanha são uma forma de "concorrência desleal" - denunciou o Kremlin nesta quinta-feira (12).

"Nós consideramos (estes ataques) como concorrência desleal. Trata-se de uma tentativa de obrigar os clientes europeus a comprar GNL mais caro, que pode ser fornecido de outros lugares", declarou à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história