Lamborghini envolvida em acidente com moradora de SC não tinha seguro Reprodução / arquivo pessoal/arquivo pessoal

Condutora de 28 anos perdeu o controle e bateu contra uma loja. Estavam com ela o marido e um instrutor

Foto: Reprodução / arquivo pessoal / arquivo pessoal

A Lamborghini Gallardo Spyder envolvida em um acidente em Gramado, na Serra gaúcha,  ainda não tinha seguro. O carro havia sido adquirido pela empresa Super Carros — especializada em passeios com carros de luxo — há cerca de 15 dias e a documentação para garantir ressarcimento em caso de sinistro ainda estava em tramitação. 

Segundo a diretora de marketing e comercial da Super Carros, Vanessa Oliveira, o carro, ano 2009 avaliado em R$ 750 mil, ainda estava em processo de transferência da documentação do antigo dono. Com isso, Vanessa entende que quem deve arcar com o prejuízo, ainda não avaliado, é a condutora Laura Leitzke, 28 anos, moradora de Jaraguá do Sul.

— Conforme as questões jurídicas é ela (Laura) que fica responsável pelo prejuízo. Mas essa questão está em stand by. Nossa prioridade é  a saúde dela (condutora), que está melhorando — afirma Vanessa. 

De acordo com Vanessa, a família da motorista não quer falar com a imprensa. Laura foi transferida do Hospital de Gramado para o Hospital Saúde, em Caxias do Sul, na última quinta-feira (30). A instituição de saúde não informa o estado de saúde atual da paciente. 

Registros do Detran apontam que o veículo está com o licenciamento vencido e soma sete multas que totalizam R$ 3,7 mil, todas cometidas em Porto Alegre. Quatro dessas autuações foram registradas no dia 2 de março deste ano entre 1h38min e 1h46min na Avenida Farrapos. As infrações são por transpor bloqueio policial, realizar manobra brusca, desobedecer agentes de trânsito e dirigir com ameaça a pedestres. Segundo Vanessa, no entanto, as pendências são do antigo proprietário e foram regularizadas na transferência. 

O acidente

A colisão ocorreu por volta das 18h desta quarta-feira (29) na Avenida das Hortênsias, no trecho urbano da RS-235. A condutora, que mora em Jaraguá do Sul (SC) e tem 28 anos, perdeu o controle e bateu contra o muro da loja LaKhazza. O marido dela e o instrutor da empresa tiveram ferimentos leves, receberam atendimento e foram liberados ainda na quarta. As causas do acidente não estão esclarecidas.  

Veja o vídeo do momento do acidente:


 Veja também
 
 Comente essa história