Policial argentina é promovida após amamentar bebê abandonado Reprodução/Facebook

A argentina Celeste Ayala amamenta bebê que teria sido separado da mãe por ordem judicial

Foto: Reprodução / Facebook

O Ministério de Segurança da província de Buenos Aires, Argentina, promoveu nesta sexta-feira a policial Celeste Ayala, que ficou conhecida nesta semana após uma foto sua viralizar nas redes sociais e circular na imprensa de diferentes países. A imagem registra a agente amamentando um bebê abandonado, deixado com seus irmãos no Hospital Infantil de La Plata. As informações foram divulgadas pela Agência Efe.

Celeste integra o Comando de Patrulhas do município de Berisso, próximo à cidade de La Plata. Na noite de terça-feira, ela realizava hora extra no hospital, quando ouviu o choro alto de um bebê. A policial, que é mãe de duas meninas, de sete e um ano, avaliou que a criança estava com fome e pediu permissão à pediatria da instituição para amamentá-la. Um colega registrou o momento, que foi compartilhado inúmeras vezes pela internet.

Nesta sexta-feira, o Ministério de Segurança recebeu a oficial e anunciou que ela seria promovida a sargento. Na avaliação do órgão, o ato foi um "gesto de amor" que deve ser "agradecido". Celeste, que é oficial da polícia há três anos, disse que "não esperava a repercussão" de sua atitude, que foi um ato "totalmente espontâneo".

Leia Mais

Mais corpos de vítimas são achados nos escombros de ponte que caiu na Itália

Volume de chuva em Santa Catarina não chega a 23% do esperado em agosto

Motociclista morre após bater contra poste de luz

 Veja também
 
 Comente essa história