Ataque a Bolsonaro "aumenta nossas preocupações com as eleições", diz comandante do Exército TIAGO CORREA/CMM

General Eduardo Villas Bôas vem se mostrando preocupado com o acirramento dos ânimos na disputa eleitoral

Foto: TIAGO CORREA / CMM

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, afirmou à reportagem do Estadão Conteúdo que o ataque ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), "aumenta muito as nossas preocupações com as eleições". 

Villas Bôas, que tem rechaçado repetidamente a possibilidade de uma intervenção militar no País, vem se mostrando preocupado com o acirramento dos ânimos na disputa eleitoral.

VÍDEO: veja o momento que Bolsonaro é atacado com uma facada em ato de campanha

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi levado às pressas para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora após ser atingido por uma facada enquanto participava de um comício na cidade, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6). Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o presidenciável sendo carregado por militantes após o incidente.   

Leia mais

Suspeito de esfaquear Bolsonaro diz que agiu "a mando de Deus"

Candidatos ao governo de SC divulgam mensagens contra agressão a Bolsonaro

"É um atentado contra a democracia, não contra o Bolsonaro", diz general que acompanhava candidato

Temer classifica como lamentável o esfaqueamento de Jair Bolsonaro

 Veja também
 
 Comente essa história