Bolsonaro segue em unidade semi-intensiva, diz boletim médico Twitter/Reprodução

Foto: Twitter / Reprodução

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, continua internado na unidade semi-intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, conforme boletim divulgado no começo da noite desta quarta-feira (12) pela instituição.

De acordo com os médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo, o quadro clínico de Bolsonaro permaneceu inalterado nas últimas 12 horas.

No boletim da manhã desta quarta, os médicos informaram a suspensão da alimentação oral por causa do surgimento de uma distensão abdominal (inchaço do abdome provocado por ar e que é consequência da redução do movimento do intestino). Desde então, ele tem sido alimentado pela veia. Segundo o hospital, entretanto, é algo normal.

Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 de setembro durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG). O político está internado no Albert Einstein desde o dia 7.

Leia mais

Antes de consultar Bolsonaro, Mourão pedirá ao TSE para participar de debates

Santinhos virtuais de candidatos são divulgados com números trocados nas redes sociais

 Veja também
 
 Comente essa história