Candidatos à Presidência repudiam agressão a Bolsonaro /

Os candidatos à Presidência da República repudiaram a agressão sofrida pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira (5). O parlamentar, que também concorre ao cargo mais alto da República, foi esfaqueado durante um ato de campanha em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais.

Em nota, a Polícia Federal informou que estava escoltando Bolsonaro no momento do atentado. O suspeito de ser o agressor foi preso em flagrante e levado à Delegacia da Polícia Federal. A corporação também informou que foi instaurado um inquérito para apurar o caso.

Também por nota, a Santa Casa da Misericórdia de Juiz de Fora informou que Bolsonaro deu entrada na unidade por volta das 15h40, com um ferimento no abdômen. Segundo o hospital, ele foi atendido na urgência, passou por um exame de ultrassonografia e foi encaminhado ao Centro Cirúrgico. 

Veja abaixo as reações:










 Veja também
 
 Comente essa história