Leonel Pavan é eleito vice-presidente da Assembleia Legislativa de SC Felipe Carneiro/Agencia RBS

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Com 35 votos, Leonel Pavan (PSDB) foi eleito 1º  vice-presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina em sessão extraordinária realizada na tarde desta terça-feira. Foram quatro ausências e uma abstenção (do deputado Dirceu Dresch - PT).  Pavan não é candidato a nenhum cargo nestas eleições e vai se despedir da carreira política ao final deste mandato.    

 A eleição foi realizada com único inscrito. Neodi Saretta (PT) e Manoel Mota (MDB), retiraram o nome do pleito e votaram em Pavan. 

Leonel Arcangelo Pavan, 64 anos, já exerceu os cargos de governador, vice-governador e senador, além de prefeito e vereador em Balneário Camboriú. 

Cargo vago

A vice-presidência da Alesc  ficou sem um titular após a posse como presidente de Silvio Dreveck (PP), então vice, após a morte de Aldo Schneider (MDB), no dia 19 de agosto. A sessão desta terça foi a retomada dos trabalhos da casa após uma pausa por conta do período eleitoral. Os deputados tinham até cinco sessões para a escolha do vice,  mas foi costurada a decisão para que a votação ocorresse logo neste retorno.

Previamente, a expectativa era de que o petista Neodi Saretta e o emedebista Manoel Mota, que assumiu após a morte de Schneider, disputassem o lugar à mesa-diretora. 

Dos 40 deputados, 36 estavam presentes para a votação. Os ausentes eram: Vicente Caropreso (PSDB), Luciane Carminatti (PT), Mario Marcondes (PSDB) e Narcizo Parisotto (PSC). Os três primeiros tentam a reeleição e o último é postulante a 2º suplente de Raimundo Colombo no Senado. O deputado e candidato ao governo de Santa Catarina Gelson Merisio (PSD), que votou em Pavan, pediu para declarar o voto ao início da sessão pois tinha viagem marcada. 

Veja também: 

Comissão aprova fim de auxílio médico para deputados estaduais em SC

Deputado quer revogar pagamento de custas médicas a parlamentares de SC

 Veja também
 
 Comente essa história