Música pró-Bolsonaro não é de artistas cubanos e não está "bombando" nos EUA  Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

 A checagem abaixo foi produzida pelo Projeto Comprova, iniciativa que reúne a NSC Comunicação e outros 23 veículos de mídia do país no combate à desinformação nas Eleições 2018. A checagem foi feita pela NSC e veículos parceiros: Estado de S. Paulo, Veja, Gazeta Online, O Povo, Gazeta do Povo, Poder360, Uol, Folha de S. Paulo, GaúchaZH e Jornal do Commercio. 

Enganoso - A música é de autoria de um venezuelano que mora no Brasil e não de artistas cubanos conforme informações que circulam nas redes sociais. E é cantada em português.

Sem comprovação - O Comprova não encontrou registros do sucesso que a canção estaria fazendo nas rádios americanas.

Entenda

A canção "O Mito chegou" que, segundo algumas postagens nas redes sociais, teria sido gravada por artistas cubanos e estaria "bombando" nas rádios da Flórida, na verdade foi criada por um venezuelano que mora no Brasil e não há registro de que tenha feito sucesso nos Estados Unidos.

A composição, feita em apoio ao presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, é de autoria do venezuelano El Veneco, que mora no Brasil e tem um canal no YouTube com 9 mil seguidores. O Comprova confirmou com El Veneco a autoria da canção. Ele administra uma conta no WhatsApp em que divulga suas produções. O artista, entretanto, não respondeu a outros questionamentos do Comprova. O canal no YouTube tem publicações regulares desde 2015, com manifestações de apoio e outras canções pró-Bolsonaro desde novembro de 2016.

Na data da publicação original, em 9 de outubro de 2017, o autor também divulgou um vídeo de bastidor da produção, realizada em parceria com seu filho, chamado de V-Hero. 

O vídeo da música, em ritmo reggaeton, estilo caribenho que mescla diversos gêneros como rap, reggae, salsa e pop, contava com mais de 43 mil visualizações até a publicação deste texto. 

A letra, em português, tem trechos como: "O mito chegou, o Brasil acordou. Esperança de verdade, olhar de criança e agora podemos ver um Brasil de verdade". Além de dizer o nome de Bolsonaro, o cantor aparece no vídeo usando uma camisa com o rosto do candidato do PSL. 

Em um vídeo divulgado no último dia 30 de agosto, El Veneco explica que compôs "O Mito Chegou" em 2017, mas não registrou o título (o que impediria a livre reprodução em rádios da Flórida devido aos direitos autorais).

Não há registros de "O Mito Chegou" ou de canções do artista El Veneco no aplicativo de músicas Spotify. Também não há registro da música entre as 50 composições latinas nas listas semanais da Billboard, publicação norte-americana especializada em informações sobre a indústria musical.

No Twitter, a publicação com o conteúdo do viral com maior engajamento data do último dia 3 de setembro, também anunciando a suposta repercussão nos Estado Unidos: "Um camarada meu que mora em Tampa nos EUA disse que na Flórida esse som ta bombando nas rádios". 

No Facebook, o título também foi reproduzido com a mesma versão de que se trata de uma canção de cubanos nos EUA. Uma das publicações, datada do último dia 1º de setembro, tem 1,2 mil comentários e 14 mil compartilhamentos.

A sugestão de verificação da corrente viral foi enviada ao WhatsApp do Comprova. 

O conteúdo da peça foi anteriormente checado pelo site Boatos.org

Leia mais publicações do Prova Real

O Prova Real é a iniciativa de fact-checking e debunking da NSC Comunicação. Você também pode sugerir temas pelo e-mail provareal@somosnsc.com.br ou pelo WhatsApp (48) 99188-2253.  

Leia mais

Texto de apoio a Jair Bolsonaro não é de Arnaldo Jabor

Agricultor escreve o nome de Bolsonaro em plantações

União Europeia não pediu retaliação ao Brasil por prisão de Lula


 Veja também
 
 Comente essa história