Candidatos à Presidência se preparam para o último dia de campanha no rádio e na TV Montagem/Montagem

Último ato de campanha na TV será durante o debate da TV Globo

Foto: Montagem / Montagem

Os candidatos à Presidência têm nesta quinta-feira (4) a última chance de conquistar eleitores antes da votação em primeiro turno, que ocorre no domingo (7). É que nesta quinta termina a campanha eleitoral no rádio e na TV. 

Parte dos candidatos se prepara para o último debate presidencial, que vai ocorrer na sede da TV Globo, no Rio de Janeiro. O encontro entre oito postulantes ao cargo de presidente do Brasil começa após a novela "Segundo Sol". O mediador será o jornalista William Bonner.

Foram convidados os candidatos Alvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede).

A participação de Bolsonaro foi praticamente descartada nesta quarta. O candidato se recupera de um atentado sofrido no dia 6 de setembro, quando foi esfaqueado enquanto fazia campanha em Juiz de Fora (MG). 

Um dos médicos que atende Bolsonaro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, esteve com o candidato nesta quarta. Na saída, o cirurgião Antônio Macedo disse ao jornal O Estado de S. Paulo que vetou a participação do presidenciável no debate da TV Globo.

Já o candidato Cabo Daciolo (Patriota) entrou na Justiça para tentar garantir a participação no debate. 

Surpresa e recado

O debate na Globo será o último momento em que os candidatos vão aparecer na TV, até o dia da eleição. Nos dois dias que antecedem o pleito, os postulantes a todos os cargos só podem fazer campanha de rua, por meio de caminhadas, carreatas e encontros diretos com os eleitores.

A reportagem entrou em contato com as campanhas dos presidenciáveis convidados para o debate para saber o que eles estão preparando para o último programa eleitoral. Até a última atualização deste texto, apenas os assessores de Fernando Haddad e Alvaro Dias responderam.

Segundo o comitê petista, o conteúdo do programa de Haddad será mantido em segredo. A campanha diz que não adianta as estratégias que vai adotar.

Já o candidato do Podemos deverá abordar o que tem sido o tema da campanha na última semana. Alvaro Dias deve enviar um recado aos eleitores sobre o voto consciente no primeiro turno. Para ele, nesta etapa da disputa não se deve considerar apenas a luta contra ou a favor do que se acredita, mas analisar quais são as melhores propostas.

Leia as últimas notícias sobre as Eleições 2018

Bolsonaro fará "live" no Facebook no horário de debate para discutir propostas

TRE do Paraná nega recurso para Lula votar no domingo

Eleições 2018: tire dúvidas sobre o dia da votação

 Veja também
 
 Comente essa história