Eleições 2018: tire dúvidas sobre o dia da votação Diorgenes Pandini/Diario Catarinense

Foto: Diorgenes Pandini / Diario Catarinense

Neste domingo (7), entre 8h e 17h, ocorre o primeiro turno das eleições 2018. Só em Santa Catarina entre candidatos a governador, senador e deputados federal e estadual são mais de 742 nomes disputando o voto dos cerca de 5 milhões de eleitores no Estado, fora os candidatos que disputam a presidência do país. Para não restar dúvidas, o Diário Catarinense elencou cinco tópicos abaixo com algumas explicações sobre o dia da votação. 

Além disso, confira a entrevista com a representante do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), que respondeu perguntas enviadas por leitores.

Saiba como acompanhar a apuração das Eleições 2018 em tempo real

Quais documentos levar

Documento oficial de identificação com foto é o item obrigatório que o eleitor deve levar no dia da votação. Entre os documentos válidos estão a carteira de identidade (RG), passaporte, carteira de trabalho, carteira de habilitação (CNH) e até o certificado de reservista. É importante que o eleitor leve também o título de eleitor para que possa localizar a zona e o local de votação, no entanto este não é um documento obrigatório - é possível votar mesmo sem estar com ele em mãos. 

Como sei onde voto 

A Justiça Eleitoral por meio dos Tribunais Regionais disponibiliza um telefone gratuito para que o eleitor possa fazer consultas sobre o título ou local de votação, por exemplo. Esse canal de chama Disque-Eleitor e atende por meio do 0800-647-3888. Já no site Portal Eleitor 2018 também é possível acessar esses dados.  

Qual a ordem de votação e como votar

Este ano, diferentemente de outras eleições, a ordem dos candidatos na urna mudou e o eleitor vai escolher o candidato nessa ordem: deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente. Ao todo serão seis votos, isso porque este ano será preciso votar em dois candidatos ao Senado. A estimativa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), é de que cada eleitor leve em média dois minutos para concluir a votação. Para ambientar o cidadão e otimizar o exercício do voto,   o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou uma ferramenta, online e gratuita, onde é possível simular o voto

Quem são os candidatos e cargos 

O eleitorado do Estado de SC será responsável por ajudar a eleger o novo presidente, o novo governador, que tem o dever de administrar e defender os interesses de Santa Catarina em Brasília pelos próximos quatro anos, além de definir a renovação de duas das três cadeiras no Senado. Para deputado federal são 251 nomes disputando 16 vagas e, no âmbito estadual, são 469 candidatos mirando uma das 40 vagas da Alesc. Na página do DivulgaCandContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é possível conferir o nome de todos os candidatos e os partidos, além de detalhes como a declaração de patrimônio e outras eleições já disputadas pelos políticos.  

O que pode e o que não pode

No dia da eleição, 7 de outubro, algumas condutas passam a ser proibidas pela Justiça Eleitoral. Além das restrições que valem para o entorno das zonas eleitorais, também existem algumas regras que devem ser cumpridas nas seções eleitorais, como, por exemplo, a proibição do uso de celulares e máquinas fotográficas na cabine de votação. Outro fato que este ano difere das demais eleições é a venda de bebidas alcoólicas, que antes costumava ser vedado entre 6h e 18h, mas que este ano será permitido. 

Acompanhe a apuração dos votos

No domingo, o NSC Total fará a apuração das Eleições 2018 em tempo real. Em uma página especial, o eleitor poderá acompanhar a disputa voto a voto para todos os cargos. Os dados serão atualizados à medida em que os votos forem registrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Leia todas as notícias sobre as Eleições 2018

 Veja também
 
 Comente essa história