Horário de verão não vai afetar urnas eletrônicas Facebook/Reprodução

Foto: Facebook / Reprodução

A checagem abaixo foi produzida pelo Projeto Comprova, iniciativa que reúne a NSC Comunicação e outros 23 veículos de mídia do país no combate à desinformação nas Eleições 2018. A apuração foi feita pela NSC e veículos parceiros: Poder360, Band News FM, GaúchaZH, Nexo e Jornal do Commercio.

Falso -  Segundo o TSE, as urnas não estão programadas para adotar o horário de verão antecipadamente, mas, sim, para funcionar no horário de Brasília.

Não é verdadeira a mensagem que circula no Whatsapp e nas redes sociais que diz que as urnas eletrônicas estariam programadas para adotar o horário de verão no segundo turno das eleições e, assim, não computariam os votos feitos depois das 16h.

Segundo o governo federal, a mudança do horário de verão só valerá a partir do dia 4 de novembro, ou seja, após o segundo turno das eleições, marcado para o dia 28 de outubro. 

O Comprova consultou, além do site do governo, o Tribunal Superior Eleitoral. O acordo para que a alteração fosse feita depois do pleito foi firmado com o Palácio do Planalto em dezembro de 2017. Em 4 de novembro, os relógios serão adiantados em uma hora no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. 

De acordo com a Justiça Eleitoral, “as urnas não estão programadas para entrar no horário de verão antecipadamente, mas sim, para funcionar no horário oficial."

Neste domingo, 28 de outubro, a votação ocorrerá normalmente entre 8h e 17h, pelo horário local. 

No Facebook, o boato circulou em vários perfis, mas com pouca viralização. 

O próprio TSE desmentiu a informação que circula nas redes sociais. O mesmo fez o Fato ou Fake, do G1. 

Leia mais publicações do Prova Real

O Prova Real é a iniciativa de fact-checking e debunking da NSC Comunicação. Você também pode sugerir temas pelo e-mail provareal@somosnsc.com.br ou pelo WhatsApp (48) 99188-2253.  

Leia mais

Foto de maconha embalada com imagem de Lula é real, mas não tem ligação com campanha

É falsa notícia de que Jean Wyllys foi convidado para ser ministro da Educação de Haddad

Imagens de aeronaves da Havan com banners de Bolsonaro são simulações

Áudio atribuído a Jair Bolsonaro no hospital é falso

 Veja também
 
 Comente essa história