Carlos Moisés participa de Fórum de Governadores em Brasília PSL / Divulgação/Divulgação

Foto: PSL / Divulgação / Divulgação

Cumprindo agenda em Brasília desde terça, o governador eleito de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), participou da segunda reunião do Fórum de Governadores nesta quarta-feira, 12. O evento, que contou com a presença dos governadores eleitos do país, teve como palestrantes o futuro Ministro da Justiça, Sérgio Moro, além dos ministros Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça e Raul Jungmann, da Segurança Pública. A pauta do dia foi segurança pública no Brasil.

Durante o encontro, Moisés defendeu a revisão do fundo penitenciário nacional, para que os Estados possam ter mais eficiência na administração das unidades prisionais. A medida, segundo o governador eleito, favoreceria a ressocialização dos presos e daria mais autonomia aos gestores públicos para solução de problemas recorrentes, como superlotação e falta de estrutura. 

Outro ponto apontado como prioridade pelos governadores foi o reforço na segurança das fronteiras para impedir a entrada de produtos ilegais no país, especialmente drogas e armas. Durante o encontro em Brasília, os governadores eleitos defenderam estratégias de atuação que ultrapassem a esfera da segurança pública e englobem outras áreas como educação, saúde e assistência. 

 Medidas como unificação das polícias Militar e Civil, redução da maioridade penal e flexibilização do porte de armas não foram propostas porque não têm consenso entre os governadores. No encontro, os governadores decidiram que, no próximo mês, não haverá reunião. Os encontros serão retomados em fevereiro, cujo tema será reforma da Previdência. Em março, eles vão discutir saúde; em abril, infraestrutura e, em maio, educação.

O fórum ocorreu na sede da Associação da Ordem dos Advogados do Brasil e foi acompanhado pelo vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão.

* Com informações da Agência Brasil

Leia mais:  

Carlos Moisés se encontra com Bolsonaro em Brasília

Futuro secretário da Casa Civil diz que não vai ter toma lá dá cá

"Há um certo estardalhaço" sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro, diz Onyx

Bolsonaro anuncia no Twitter Ricardo de Aquino Salles para Meio Ambiente

 Veja também
 
 Comente essa história