O julgamento histórico de 12 dirigentes independentistas catalães, envolvidos na fracassada tentativa de secessão de outubro de 2017, começou nesta terça-feira no Supremo Tribunal da Espanha, em Madri.

Os 12 acusados, contra quem a Promotoria solicita penas que variam de sete a 25 anos de prisão, estavam sentados diante dos juízes do Supremo, em uma audiência que será exibida, assim como todo o processo, pela televisão.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história