O arcebispo de Colombo pediu ao governo do Sri Lanka que "puna sem piedade" os responsáveis pelos atentados que deixaram ao menos 2017 mortos e 405 feridos, neste domingo (21), muitos deles em igrejas durante a missa de Páscoa.

"Queria pedir ao governo que faça uma investigação sólida e imparcial para determinar quem é responsável por este ato e também que os puna sem piedade, porque apenas animais podem se comportar assim", declarou o arcebispo Malcom Ranjit, pedindo "paz e harmonia" a seus concidadãos. Apesar do discurso duro, ele os convida a "não fazer justiça com as próprias mãos".

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história