Os Estados Unidos saudaram o novo governo palestino neste domingo, um dia depois que o novo presidente Mohammad Shtayyeh anunciou seu novo gabinete ao lado do presidente Mahmud Abbas - deixando de fora o movimento islâmico Hamas.

"Parabéns ao novo Gabinete da Autoridade Palestina", tuitou Jason Greenblatt, assistente do presidente dos EUA, Donald Trump, e representante especial para as negociações internacionais.

"Esperamos poder trabalhar juntos para a paz e melhorar a vida dos palestinos. É hora de um novo capítulo".

Várias posições-chave permaneceram inalteradas desde a administração anterior de Rami Hamdallah. Analistas dizem que a mudança de governo foi feita para isolar ainda mais o Hamas, que diverge com o Fatah de Abbas e Shtayyeh há mais de uma década.

Para os analistas, Abbas, de 84 anos e no poder desde 2005, mantém a verdadeira autoridade para tomar decisões.

Em um comunicado divulgado na noite de sábado, Abbas confirmou o novo governo e deu as boas-vindas ao gabinete, que inclui muitos de seus antigos aliados e membros da Fatah, embora facções menores também estejam representadas.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história