As inundações avançavam neste domingo no leste do Canadá, particularmente em Quebec, onde mais de 1.200 pessoas tiveram de ser evacuadas, enquanto 600 soldados foram moblizados na região, de acordo com o último balanço das autoridades.

Do leste de Ontário até New Brunswick, passando pelo sul do Quebec, todo o leste do Canadá enfrenta enchentes causadas pelas fortes chuvas e neve derretida.

As autoridades, que temiam a princípio uma repetição das inundações catastróficas de 2017 em Quebec, a pior em meio século, estavam mais otimistas neste domingo.

"Teremos grandes inundações, mas no geral não vão atingir o nível de 2017, exceto em alguns setores, como o Lago Saint Pierre", um alargamento do rio St. Lawrence, em Quebec, afirmou o porta-voz da Defesa Civil, Eric Houde.

Nos últimos dias, muitos municípios mobilizaram voluntários e distribuíram dezenas de milhares de sacos de areia para levantar represas e proteger casas nas áreas mais ameaçadas.

As áreas mais afetadas são a região de Outaouais, perto da capital Ottawa, e Beauce, ao sul da cidade de Québec, onde cerca de 800 pessoas foram evacuadas.

Os governos de Quebec e New Brunswick mobilizaram o exército para ajudar a lidar com as inundações. Cerca de 200 soldados foram mobilizados na noite de sábado em Quebec, e a presença de mais 400 estava prevista para este domingo, especialmente nas regiões de Gatineau, perto de Ottawa, em Laval, a norte de Montreal, e Trois-Rivières entre Montreal e Quebec.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história