Os líderes do movimento de protesto no Sudão anunciaram, neste sábado, novas discussões com as autoridades militares sobre a transferência do poder para uma autoridade civil.

"Nós esclarecemos o nosso principal pedido, que é a transferência de poder às autoridades civis", disse Siddiq Yousef, membro da Aliança para a Liberdade e Mudança (ALC), após discussões com o conselho militar de transição no poder.

Neste sábado à tarde, os líderes dos protestos no Sudão anunciaram que iriam manter um diálogo com as autoridades militares, que até agora se recusaram a entregar o poder a uma autoridade civil.

"Esta é a principal demanda do movimento popular. Nós concordamos em continuar as negociações para chegar a uma solução que satisfaça ambas as partes, de modo que a transferência de poder ocorra pacificamente", disse ele.

Os líderes do movimento vão formar no domingo um "conselho civil", segundo anunciou na sexta-feira a Associação de Profissionais Sudaneses (SPA), grupo que lidera os protestos.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história