O presidente ucraniano em final de mandato, Petro Porochenko, pediu "perdão" aos eleitores por seus "erros", em um pronunciamento transmitido pela televisão, a três dias do segundo turno das eleições presidenciais, nas quais seu rival aparece como franco favorito.

"Eu peço desculpas a vocês, sinceramente", declarou Porochenko.

"Sei que como é difícil perdoar meus erros e acreditar em mim. Sim, é minha culpa. Para terminar o que foi iniciado e não perder o que foi feito, peço seu apoio em 21 de abril", completou.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história