O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira 17 novas acusações contra o fundador de WikiLeaks, Julian Assange, em especial relacionados com leis antiespionagem.

Os Estados Unidos responsabilizam a Assange de ter colocado em risco algumas de suas fontes com a publicação em 2010 de aproximadamente 750.000 documentos militares e diplomáticos.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história